Nossa História

Em 2015, Guinness World Records – a Autoridade Global em Recordes Mundiais – celebrou o 60º aniversário da primeira edição de seu livro e da criação de uma das marcas mais reconhecidas e respeitadas do mundo.

A ideia de um livro de recordes surgiu na década de 1950 quando Sir Hugh Beaver (1890—1967), Diretor Geral da cervejaria Guinness, estava caçando no condado de Wexford na Inglaterra. Ali, ele e seus companheiros, discutiram sobre qual seria a ave de caça mais rápida e não puderam encontrar a resposta em nenhum lugar.
Hugh Beaver
Sir Hugh Beaver
Em 1954, relembrando sobre esta discussão, Sir Hugh teve uma ideia para promover a cerveja Guinness baseando-se na ideia de solucionar este tipo de disputas que também surgiram em pubs e convidou os gêmeos Norris (1925—2004) e Ross McWhirter (1925—75) a compilar um livro de dados e fatos. Guinness Superlativos foi fundada em 30 de novembro e a empresa abriu em duas salas de um ginásio transformado em escritórios, em Londres.
Norris and Ross McWhirter
Norris and Ross McWhirter
Depois da fase de investigação inicial, os gêmeos McWhirter trabalharam no livro por mais de 13 semanas, com jornadas de trabalho semanais de 90 horas. Pouco sabiam eles que estavam escrevendo um livro que seria um dos livros mais vendidos de todos os tempos e que estavam inaugurando uma das marcas mais reconhecidas e confiáveis do mundo… 
 

Voltar para 'Sobre o Guinness World Records'